10 cursos e profissões para quem gosta de Matemática


A Matemática é uma disciplina considerada difícil por muitos estudantes. No entanto, alunos que se saem bem na matéria e gostam de se dedicar ao universo dos números e cálculos costumam buscar profissões que tenham a área de exatas como foco. 

Os cursos de graduação voltados para quem gosta de Matemática têm em comum em suas grades curriculares a presença de disciplinas como Matemática Básica, Cálculos, Algoritmos, Álgebra e Estatística. Se essa é a sua praia, veja quais cursos são ideais para você.

Ciências Contábeis

O curso de Ciências Contábeis é um bacharelado com duração média de quatro anos. A graduação forma os profissionais para atuação na contabilidade de empresas e indústrias, além da possibilidade de trabalhar com consultoria financeira para os setores público e privado. 

Ao trabalhar como contador, o profissional terá controle sobre as finanças de seu cliente e administrará o capital da empresa, gerenciando os lucros e despesas e propondo ações necessárias para a saúde financeira do patrimônio. 

Arquitetura e Urbanismo

É comum pensar em arte e design quando se fala em Arquitetura e Urbanismo, mas o que muitos estudantes não sabem é que a Matemática é um requisito para o trabalho do arquiteto urbanista.

O arquiteto lida diariamente com cálculos e projeções em seu trabalho, atividade que conta com o planejamento e o desenho de obras, pensando sempre na segurança, funcionalidade e estética dos espaços. 

 

O bacharelado tem duração média de cinco anos e contempla disciplinas das áreas de humanas e exatas. É comum que o vestibulando precise passar por um teste de habilidades específicas (geralmente de desenho) para ingressar no curso de Arquitetura e Urbanismo.

 

O arquiteto utiliza cálculos e projeções em seus projetos

Economia

O economista é responsável pelo estudo da produção, distribuição e consumo de bens e serviços dentro da sociedade. Contabilidade, Matemática Financeira, Estatística e Probabilidade fazem parte da rotina deste profissional. O curso de Ciências Econômicas/Economia é um bacharelado e tem duração de quatro anos, graduação que tem a grade curricular composta por disciplinas de exatas e humanas. 

O profissional de Economia pode trabalhar com consultoria e assessoria para empresas privadas, indústria, setor público e até mesmo no terceiro setor. Uma outra oportunidade para o economista é a área de pesquisa acadêmica, resultado em estudos que são importantes para compreender as relações de consumo da população. 

Matemática

É comum associar o curso de Matemática com a figura do professor, mas lecionar é apenas uma das possibilidades para quem se gradua na área. A graduação tem duração de quatro anos e se divide em licenciatura e bacharelado. 

Quem deseja se dedicar ao trabalho como professor deve cursar a licenciatura em Matemática. Já o bacharelado é voltado para a formação de matemáticos que queiram seguir carreira em pesquisas científicas/acadêmicas, por exemplo. 

Ciência da Computação

O curso de Ciência da Computação é uma oportunidade para quem gosta de Matemática e deseja trabalhar no ramo de tecnologia. O profissional tem aptidão para programação, desenvolvimento de softwares, além de criar e administrar bancos de dados.

O profissional formado em Ciência da Computação pode trabalhar como programador, desenvolvedor, analista de sistemas/TI, gerente de TI e arquiteto de softwares. É um curso em alta, com amplo mercado e possibilidade de boa remuneração.

Programação e desenvolvimento de software são possibilidades de trabalho 

Engenharias

A Matemática é fundamental para o exercício das diferentes áreas da Engenharia. Da faculdade ao mercado de trabalho, cálculos, conceitos matemáticos e de física estão presentes nas atividades do engenheiro. 

Veja também: Qual Engenharia é a minha cara?

A engenharia contempla diferentes áreas de atuação, o que proporciona um vasto mercado de trabalho e salários atrativos. Se você pretende ser engenheiro, é necessário fazer o bacharelado de cinco anos na modalidade desejada. São algumas opções: 

Engenharia Civil: o engenheiro civil trabalha no planejamento e execução de obras como casas, edifícios, estradas etc. Sua atuação está presente nos setores público e privado. 

Engenharia Mecânica: o engenheiro mecânico trabalha na elaboração de projetos, fabricação e manutenção de sistemas mecânicos. Seu mercado de trabalho abrange montadoras de automóveis, linhas de produção de máquinas, fábricas de autopeças e outros. 

Engenharia Mecatrônica: engenheiro que trabalha com alta tecnologia, como criação e operação de robôs. Pode atuar no ramo automobilístico, petroquímico, alimentício e empresas de tecnologia, por exemplo. 

Engenharia da Computação: figura importante no ramo de tecnologia, o engenheiro de computação desenvolve sistemas que interligam software e hardware, além de atuarem na construção e desenvolvimento de computadores e seus periféricos. 

Engenharia Elétrica: o engenheiro eletricista é responsável pelo desenvolvimento de sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. A indústria é sua principal área de atuação. 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Estatística

O profissional de Estatística é peça importante para o setor público e privado, já que tem experiência em levantamento e interpretação de dados numéricos em diversas áreas. O curso de Estatística é um bacharelado com duração média de quatro anos e abrange conhecimentos em áreas como Matemática, Lógica e Probabilidade.

A análise da pandemia de Covid-19 é o exemplo de como a estatística é importante para entender os impactos sociais e econômicos de um vírus. Por isso, a atuação deste profissional é bem ampla e engloba avaliação de riscos no mercado financeiro, estudos e projeção no cenário político, trabalho em equipes de controles de epidemias e pandemias entre outras funções.

Dados estatísticos permitem analisar diversos setores e buscar soluções para seus problemas

Física

A Física faz parte das Ciências Exatas e tem como base a Matemática. Enquanto curso superior, se divide em licenciatura e bacharelado, ambos com duração média de quatro anos. 

O licenciado em Física pode atuar como professor nos ensinos fundamental, médio e superior – com pós-graduação. Já o físico bacharel pode seguir carreira como pesquisador/cientista, estudando e aplicando a Física no dia a dia, tornando o conhecimento teórico adquirido em algo palpável e útil para a sociedade.

Astronomia 

A Astronomia é uma área que une conhecimentos de Matemática, Física e Química, o que torna a profissão uma boa oportunidade para quem gosta das Ciências Exatas. A graduação é um bacharelado e tem duração média de quatro anos. 

Além das famosas agências espaciais, o astrônomo tem como locais de trabalho empresas de telecomunicações (como controladores de satélites), observatórios, museus de ciências, universidades e planetários. É possível ser professor de Física, Matemática e Astronomia na Educação Básica ou, ainda, seguir carreira científica com pesquisas. 

Ciência de Dados 

O curso de Ciência de Dados é recente e sua oferta tem crescido nos últimos anos. A graduação trabalha disciplinas das áreas de Matemática, Computação e Estatística. 

O profissional graduado em Ciência de Dados pode trabalhar com algoritmos; inteligência artificial; modelagem, organização, armazenamento e gerenciamento de dados; criptomoedas e estrutura de dados e programação.

 





Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X