Após acusação de racismo, Inep muda gabarito de questões do Enem 2020 – 28/01/2021


O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) alterou hoje o gabarito de duas questões da versão impressa do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020. A mudança acontece após candidatos apontarem racismo nas respostas oficiais anteriores. De acordo com o instituto, as alterações foram feitas após a identificação de “inconsistências” nos gabaritos.

A primeira das questões é de inglês e faz parte da prova de linguagens, aplicada no primeiro dia do exame. Nela, é apresentada uma passagem do livro “Americanah”, da autora Chimamanda Ngozi Adichie, que traz o diálogo de uma cabeleireira com uma cliente —as duas são negras. Na conversa, a cliente diz que não quer alisar os cabelos porque gosta deles “do jeito que Deus os fez”.

A questão então pergunta quais argumentos sustentam o posicionamento da mulher. De acordo com o gabarito divulgado ontem pelo Inep, a resposta correta seria a letra D, que relaciona a atitude da personagem a uma “postura de imaturidade”.

Hoje, o Inep alterou o gabarito para indicar que a resposta correta é a alternativa C, que diz que o comportamento da mulher revela “uma atitude de resistência”.

Já a segunda questão que teve o gabarito alterado fala sobre o uso de um software para a realização de um processo seletivo em uma faculdade britânica de medicina. O texto afirma que, ao digitar nomes comuns entre negros no Google, a chance de os anúncios automáticos oferecerem checagem de antecedentes criminais pode aumentar 25%.

Questão que fala de anúncios automáticos também gerou debate sobre racismo - Reprodução - Reprodução

Questão que fala de anúncios automáticos também gerou debate sobre racismo

Imagem: Reprodução

A questão então pede: “o texto permite desnudamento da sociedade ao relacionar as tecnologias de informação e comunicação com o (a)…”. No gabarito liberado ontem, o Inep indicou que a alternativa correta seria “linguagem” (letra C).

Hoje pela manhã, na primeira atualização dos gabaritos, o Inep alterou a resposta em três das quatro cores de prova. Nos gabaritos das provas azul, amarela e rosa, a alternativa correta passou a ser a letra D, que fala em “preconceito”. Na prova branca, no entanto, permaneceu como correta a letra C.

Por volta das 13h, o Inep fez uma nova atualização nos gabaritos do exame. Só então a letra D passou a constar como a alternativa correta para esta questão na prova branca.

Inep fala em “inconsistências”

Em nota enviada ao UOL na manhã de hoje, o Inep informou que a mudança aconteceu após a identificação de uma “inconsistência” nos gabaritos divulgados ontem.

“A autarquia verificou que uma modificação feita no gabarito após o retorno das provas para o Inep não foi salva no banco de dados. Em função disso, a área técnica providenciou uma revisão no material e o instituto já disponibilizou as versões corrigidas no seu portal”, diz o texto.

Ontem, ao divulgar os gabaritos do Enem, o Inep anunciou também que duas questões do exame foram anuladas: uma de ciências da natureza e uma de matemática.

As provas do Enem impresso aconteceram nos dias 17 e 24 de janeiro e foram marcadas por uma abstenção recorde: mais de metade dos candidatos (55,3%) não compareceram ao exame.

Apesar disso, houve uma série de denúncias de aglomeração e relatos de candidatos que foram barrados e impedidos de fazer as provas devido à superlotação de algumas salas.



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X