Brasil Escola terá correção comentada do Enem 2020


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, em sua versão impressa, começará no próximo domingo, 17 de janeiro, com provas também no dia 24/01. Para matar a curiosidade dos participantes enquanto o gabarito oficial não for divulgado, o Brasil Escola fará a Correção Comentada em parceria com o Oficina do Estudante e Poliedro. 

Acompanhe a página da correção comentada

A correção comentada começará sempre ao término das provas, veja os horários:

  • 1º dia: a partir das 19h (Linguagens e Códigos, Redação e Ciências Humanas)
  • 2º dia: a partir das 18h30 (Ciências da Natureza e Matemática)

E tem novidade na área! O canal do Brasil Escola no YouTube terá lives com comentários do Poliedro sobre os dois dias de provas do Enem 2020. 

Veja também: Justiça decide que Enem 2020 não será adiado

Como será o Enem 2020?

O Enem 2020 terá suas provas impressas em 17 e 24 de janeiro. Os inscritos podem consultar os locais de prova pela Página do Participante. Será necessário estar de máscara e levar documento de identificação com foto e caneta de tinta preta (fabricada em material transparente). 

Para evitar aglomerações, os portões serão abertos mais cedo, às 11h30, dando maior tempo para a entrada dos participantes. O fechamento dos portões serão às 13h e o exame começará às 13h30 (horário de Brasília). 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

O primeiro domingo do Enem 2020 terá 45 questões de Linguagens e Códigos, Redação e 45 perguntas sobre Ciências Humanas. O segundo dia contará com 45 de Ciências da Natureza e 45 de Matemática.

O gabarito oficial do Enem 2020 deve sair em 27 de janeiro. Já o resultado do exame é esperado para março.

Covid-19

O Inep estabeleceu critérios de biossegurança para a realização do Enem 2020. Todos terão que usar máscaras e só poderão tirá-las para alimentação e para beber água. Haverá higienização das mãos com álcool gel na entrada das salas e nas portas dos banheiros. Será necessário respeitar o distanciamento social. 

Veja também: Tocar na máscara não causará eliminação no Enem 2020

Pessoas do grupo de risco farão as provas em salas com no máximo 12 participantes. São do grupo de risco as gestantes, lactantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas.

Participantes com doenças infectocontagiosas poderão solicitar a aplicação do Enem 2020. A solicitação deve ser feita antes das provas. Veja como fazer o pedido nesta notícia.

Mais informações pelo site do Inep e no especial Enem 2020 do Brasil Escola.

 





Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X