Ciência de Dados – curso, profissão e mercado de trabalho


O curso de Ciência de Dados forma profissionais habilitados para coletar uma grande quantidade de dados que não estão estruturados e transformá-los em informações que possam ser utilizadas pelas empresas, a resolver problemas de negócios e identificar tendências que tenham bons resultados financeiros para seu empregador.

Setores que dependem da internet como ferramenta de negócios têm que lidar, constantemente, com o grande número de informações em seus bancos de dados. Um e-commerce, por exemplo, registra diversos dados sobre o comportamento de compra dos clientes.

Empresas que não necessitam diretamente da internet como ferramenta de trabalho também armazenam dados, tanto de clientes quanto em funcionários, geralmente armazenados em servidores próprios.

A demanda pela organização, análise e gerenciamento desses dados gerou a necessidade de uma formação específica para profissionais da área, o que se concretizou com a criação do curso de Ciências de Dados.

O que faz um cientista de dados?

O cientista de dados é o profissional formado em Ciência de Dados, habilitado a analisar e gerenciar dados, trabalhar com algoritmos, programação, estatística, Inteligência Artificial e modelos de negócios, por exemplo. 

O profissional graduado em Ciência de Dados pode trabalhar em empresas de tecnologia, mercado financeiro (bolsas de valores, empresas do ramo de negócios), instituições de ensino, hospitais e institutos de saúde, órgãos públicos, consultoria, agências de comunicação e marketing, institutos de pesquisa. 

Por se tratar de um cargo recente, é possível que a nomenclatura do profissional mude conforme o local de trabalho. O salário de um cientista de dados pode ir de cerca de R$ 4.500 até pouco mais de R$ 8 mil, sendo a média salarial de R$ 6.144, de acordo com o site vagas.com.

O Curso

Apesar de ser uma área com maior concentração de disciplinas de Matemática, Computação e Estatística, o curso de Ciência de Dados também exige do estudante conhecimento em Ciências Humanas, mesclando o conhecimento técnico sobre o uso dos dados e as características sociais presentes na forma como o usuário da internet utiliza a rede. 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

O curso de Ciência de Dados tem duração média de oito semestres e pode ser encontrado nas modalidades presencial e a distância (EaD). Por ser relativamente recente, sua oferta é reduzida no Brasil, graduação que pode ser encontrada nas seguintes instituições:

– Universidade de São Paulo (USP), 

– Pontíficia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP);

– Fundação Getúlio Vargas (FGV);

– Universidade Paulista (Unip).

Há, também, instituições que oferecem a graduação na modalidade a distância. São elas: Universidade Virtual de São Paulo (Univesp), Cruzeiro do Sul e Uninter

O ingresso no curso de Ciência de Dados muda conforme a instituição de ensino, o que pode variar entre Vestibular próprio ou uso do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Assim como em qualquer graduação, é preciso que o estudante tenha terminado o ensino médio para se matricular em uma instituição de ensino superior. 

As disciplinas podem mudar de uma instituição para a outra, mas é comum que sejam abordadas as matérias e áreas abaixo:

– Leitura e Interpretação de Textos

– Ética

– Inglês

– Matemática

– Probabilidade

– Cálculo

– Ciências Sociais (ou disciplinas do ramo social)

– Bancos de Dados

– Aprendizado da máquina 

– Mineração de dados estruturados e não estruturados (Big Data)

– Álgebra

– Programação

– Neuro Robótica

– Inteligência Artificial

– Computação na Nuvem

– Internet das Coisas

– Gestão de projetos

– Marketing

– Modelos de negócios

– Otimização

As instituições de ensino costumam cobrar projetos que são desenvolvidos ao longo do curso. Os trabalhos focam no Data Science, nos quais os alunos aplicam o que apreenderam nas aulas. 

Os projetos contam com problematização, coleta e tratamento de dados, análise do material coletado, interpretação dos resultados, tomada de decisões e comunicação. 





Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X