Como e onde usar a nota do Enem 2020?


Frequentemente tratado como mais um vestibular, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), na realidade, é apenas a primeira etapa para o ingresso em universidades do país.

Depois de fazer o exame, o aluno terá um conjunto de notas nas quatro provas mais a redação. São essas notas que servirão para uso em sistemas de seleção, programas de bolsa e financiamentos.

Mais conhecido sistema, o Sisu (Sistema de Seleção Unificado) é gerido pelo MEC (Ministério da Educação) e depende da inscrição das universidades, ou seja, cada universidade decide se e como usará a nota do Enem através do Sisu para selecionar novos ingressantes.

Lembrando que quem ainda não concluiu o ensino médio e fez a prova como treineiro não pode se candidatar a vagas e bolsas.

Veja abaixo como usar sua nota no Enem e requisitos para programas e vagas. O MEC divulga as notas da prova de 2020 no dia 29 de março.

Sisu

É o sistema pelo qual o candidato ingressa em instituições de ensino superior públicas e privadas usando a nota do Enem.

As instituições públicas que farão a adesão ao Sisu devem se inscrever entre os dias 8 e 12 de fevereiro. É a própria universidade que deve divulgar se utilizará o Sisu para ingresso em seus campi.

O edital com inscrição e outros procedimentos para o candidato deve ser publicado pelo MEC depois de divulgados os resultados do exame, no dia 29 de março.

As notas são usadas pelas universidades a partir de critérios próprios, com pesos atribuídos de maneiras distintas às provas dependendo do curso e da instituição.

Prouni

O Prouni (Programa Universidade para Todos) é um programa de bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior.

Para se inscrever, o candidato deve ter média simples acima de 450 pontos em todas as provas do Enem somadas e não pode ter zerado a redação.

Neste ano, excepcionalmente, as notas do Enem 2019 serão usadas devido ao adiamento do exame de 2020 para janeiro. O MEC já divulgou a relação de aprovados em primeira chamada para o programa.

Os requisitos são:

  • renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa (para a bolsa integral) ou até 3 salários mínimos (para a bolsa parcial)
  • ter cursado o ensino médio completo na rede pública
  • ter algum deficiência
  • ser professor de rede pública na educação básica
  • ter sido bolsista integral em escolas particulares durante o ensino médio.

Fies

O Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) é um programa de financiamento para instituições de ensino privadas.

Para obter um financiamento, é preciso que o candidato tenha renda familiar mensal bruta entre um e três salários mínimos. Pessoas abaixo ou acima dessa faixa de renda não têm direito ao Fies.

As inscrições para o primeiro semestre de 2021 vão do dia 26 ao 29 de janeiro, pelo site do fundo, e o resultado será divulgado no dia 2 de fevereiro.

Se for selecionado, fique atento ao prazo para finalizar a inscrição, que vai do dia 3 ao 5 de fevereiro.

Universidades portuguesas

Diversas universidades de Portugal usam a nota do Enem como critério para que brasileiros estudem no país.

O convênio com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) possibilita esse intercâmbio, mas não há possibilidade de financiamento por parte do governo brasileiro (as universidades portuguesas são pagas).

Segundo o instituto, cada universidade escolhe como usa a nota e que peso atribui a cada prova, além de definir como o processo seletivo será feito.

Algumas das universidades que aceitam notas do Enem são a Universidade do Algarve e a Universidade de Coimbra, uma das mais antigas do mundo.

Universidades particulares

O Enem é usado por diversas universidades particulares para ingresso e concessão de bolsas de estudo.

Universidades como a Uninove (Universidades Nove de Julho), a Universidade Estácio de Sá e a Universidade Anhembi Morumbi são alguns exemplos. Processos seletivos e valores das bolsas são definidas por cada empresa.

Concursos públicos

Alguns concursos públicos do país também usam nota do Enem, como o Curso de Formação de Oficiais (CFO) do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba e a Secretaria de Planejamento e Gestão de Minas Gerais.

Em ambos, o Enem corresponde à primeira etapa do processo seletivo.



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X