Enem 2020: Justiça decide que exame não será adiado


A Justiça Federal negou o pedido da Defensoria Pública da União (DPU) de adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Com isso, as provas impressas permanecem para 17 e 24 de janeiro, já as digitais continuam em 31/01 e 7 de fevereiro. 

Veja a decisão

Segundo a juíza Marisa Cláudia Gonçalves Cucio, o adiamento do Enem 2020 traria prejuízos financeiros e comprometeria a formação acadêmica dos estudantes. 

De acordo com a magistrada, o site do Inep traz todas as informações necessárias sobre a biossegurança para a realização do exame, tais como o uso de máscaras que cubram nariz e boca, uso de álcool em gel antes de entrar nas salas e também nas portas dos banheiros, as regras para os lanches, o respeito ao distanciamento social e os procedimentos de vistoria de materiais. 

Veja também: Portões do Enem 2020 serão abertos mais cedo para evitar aglomerações

Na decisão, a juíz pontua que em municípios ou localidades em que haja restrições de circulação por maior risco de contágio (lockdown, por exemplo) que impeçam a aplicação das provas, o Inep será obrigado a reaplicar o Enem 2020. 

A decisão é referente ao pedido da DPU realizado em 8 de janeiro. Para a Defensoria Pública da União, faltava segurança para a realização do Enem 2020 em um momento em que a pandemia avança no pais. 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Adia Enem nas redes sociais

A hashtag “Adia Enem” continua em alta nas redes sociais. A movimentação começou na última semana, estudantes pedem o adiamento das provas por medo de contágio pela Covid-19. 

Estudantes não conseguem acessar locais de prova

O Inep liberou os locais de prova do Enem 2020 em 5 de janeiro, mas alguns estudantes ainda não conseguiram acessar as informações sobre onde farão as provas.

Com a aproximação do Enem, a preocupação de não conseguirem fazer as provas aumenta e a falta de respostas do Inep traz insegurança aos participantes. 

Enem 2020

O Enem 2020 será composto por uma redação e 180 questões objetivas distribuídas assim:

  • 1º dia: 45 questões de Linguagens e Códigos, Redação e 45 perguntas sobre Ciências Humanas;
  • 2º dia: 45 questões de Ciências da Natureza e 45 sobre Matemática.

O gabarito oficial deve sair em 27 de janeiro, já que o edital diz que a divulgação será em três dias após o último domingo de provas (24 de janeiro). O resultado do Enem 2020 é esperado para março. 

Mais informações pelo site do Inep e no telefone 0800 616161.





Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X