Fies 2021: MEC divulga lista de resultados na terça-feira – 29/01/2021


O MEC (Ministério da Educação) divulga, nesta terça-feira (2), o resultado do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) de 2021. Durante este ano, vão ser oferecidas 93 mil vagas.

As pessoas que forem pré-selecionadas vão precisar complementar suas inscrições entre os dias 3 a 5 de fevereiro de 2021. A seguir, tire suas dúvidas sobre o resultado.

Como saber o resultado do Fies?

A pessoa que está se candidatando ao Fies pode consultar o resultado por meio do site http://fiesselecaoaluno.mec.gov.br.

Ela também pode fazer a pesquisa junto à instituição para a qual se inscreveu. O MEC ressalta o fato de que a consulta do resultado e o cumprimento dos
prazos estabelecidos é de inteira responsabilidade do candidato.

Quais requisitos são necessários para fazer a inscrição do Fies?

Os candidatos que forem pré-selecionados na chamada única do Fies vão precisar complementar informações da inscrição no sistema. Para isso, eles devem acessar o site http://fies.mec.gov.br, conforme prazo determinado em edital.

Já o candidato participante da lista de espera que for pré-selecionado deverá acessar o mesmo site e complementar sua inscrição para contratação do financiamento no prazo de três dias úteis após a pré-seleção ser divulgada.

Qual é o cronograma do Fies 2021?

  • Inscrições – 26 a 29 de janeiro
  • Pré-seleção – 2 de fevereiro
  • Complemento de inscrição de pré-selecionados – 3 a 5 de fevereiro
  • Lista de espera – 3 de fevereiro a 18 de março

Como funciona a lista de espera do Fies?

Os candidatos classificados com base no número de vagas do grupo de preferência serão pré-selecionados em uma única chamada. Aqueles que não forem pré-selecionados vão ser colocados automaticamente na lista de espera. Em 2021, as datas da lista de espera vão acontecer do dia 3 de fevereiro a 18 de março.

Como é feito o pagamento do Fies?

A taxa efetiva de juros do Fies será de juros zero e o início do pagamento deve ser feito a partir do primeiro mês após a conclusão do curso, desde que a pessoa tenha renda.

Quando o contratante passar a auferir renda, a parcela devida será descontada na fonte e no limite dos percentuais previstos em portaria, calculados sobre o maior valor entre o pagamento mínimo e o resultante da aplicação do percentual mensal vinculado à renda ou aos proventos mensais brutos do estudante financiado.

Caso o estudante não possua renda no momento previsto para o início da amortização do saldo devedor ou em qualquer momento durante o período de amortização, o financiamento será quitado em prestações mensais equivalentes ao pagamento mínimo. O MEC estima que o financiamento seja completamente quitado pela pessoa em um prazo de 14 anos.

Qual é a diferença entre Fies e P-Fies?

Enquanto o Fies oferece financiamento a juros zero, a modalidade P-Fies é uma forma de contemplar pessoas com juros variáveis.



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X