Inscrições do Vestibular 2021/1 da UEG terminam hoje (23)


A Universidade Estadual de Goiás (UEG) encerra nesta terça-feira, 23 de fevereiro, as inscrições do Vestibular 2021/1. A taxa para participar é de R$ 80.

Faça sua inscrição

Inscritos no CadÚnico do Governo Federal puderam solicitar a isenção da taxa de inscrição do Vestibular. O resultado pode ser visto neste link e os isentos estão automaticamente inscritos na seleção. 

Vestibular

O Vestibular da UEG será realizado em 21 de março, das 13h10 às 17h10. As provas serão constituídas assim:

  • Redação
  • 13 questões objetivas de Linguagens e Códigos
  • 13 questões objetivas de Ciências Humanas
  • 13 questões objetivas de Ciências da Natureza
  • 13 questões objetivas de Matemática

As notas de corte e os nomes dos convocados para correção da redação será informados em 6 de abril. Em 20/04, a UEG divulgará o resultado preliminar e recursos serão recebidos nos dias 22 e 23 seguintes. 

A primeira chamada do Vestibular 2021/1 será divulgada em 30 de abril. Outras convocações serão realizadas em 7, 13 e 19 de maio. 

Vagas

A UEG oferece 3.224 vagas em 30 cursos, as quais terão duas oportunidades adicionais cada para estudantes quilombolas. 

Das 3.224 vagas, 50% são para o sistema universal, 25% para estudantes de escolas públicas, 20% para negros e 5% para indígenas ou pessoas com deficiência.

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

As oportunidades são para Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Caldas Novas, Ceres, Formosa, Goiás, Inhumas, Ipameri, Iporá, Itaberaí, Itumbiara, Jaraguá, Luziânia, Mineiros, Morrinhos, Palmeiras de Goiás, Pirenópolis, Pires do Rio, Porangatu, Quirinópolis, São Luís de Montes Belos, Senador Canedo, Silvânia, Trindade e Uruaçu. 

Vestibular de Medicina

A UEG chegou a abrir as inscrições do Vestibular de Medicina junto ao processo seletivo dos demais cursos, mas o processo seletivo está indisponível para cadastros. A suspensão veio após as alegações do Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego) de falta de estrutura para a oferta do curso. A manutenção ou não da seleção será discutida na tarde desta terça-feira (23) pelo Conselho Superior Universitário da Universidade Estadual de Goiás (CsU/UEG), na 117ª sessão plenária.

De acordo com o Cremego, o campus de Itumbiara não tem estrutura suficiente para oferecer o curso de Medicina. A grade curricular também foi criticada pelo órgão, entidade que pede a suspensão da oferta da graduação. 

Mais informações nos editais e pelo site da UEG.



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X