MEC informa previsão de datas do SiSU 2021/1


O Ministério da Educação (MEC) já tem uma previsão para as inscrições do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do primeiro semestre de 2021: 6 a 9 de abril. O prazo ainda não foi confirmado, mas isso deve acontecer em breve.

As datas foram sugeridas pelo diretor de políticas e programas de Educação Superior do MEC, Edimilson Costa Silva, em reunião virtual do Colégio de Pró-Reitores e Graduação das IFES (Cograd), pertencente à Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

De acordo com Edimilson, o MEC prevê inscrições entre os dias 6 e 9 de abril, resultado no dia 14 de abril e matrículas entre os dias 14 e 19 do mesmo mês. A confirmação ainda depende de aval do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do secretário de Ensino Superior, Wagner Villas Boas.

Datas SiSU 2021/1*

Inscrições: 6 a 9 de abril

Resultado: 14 de abril

Matrícula: 14 a 19 de abril

*previsão

Saiba tudo sobre o SiSU 2021

A Andifes foi consultada em outubro do ano passado sobre o calendário do SiSU 2021/1, quando o entendimento foi de que, para contemplar a maioria das instituições e não prejudicar as que conseguiram terminar o ano letivo de 2020, o ideal é que o SiSU seja realizado no máximo até final de abril.

Muitas universidades federais ainda não concluíram o ano letivo, mas a maioria concluirá, de forma remota, até o final de março. Nessas instituições, o próximo ano letivo começará em maio.

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Menos vagas

Algumas instituições optaram por não participar do SiSU 2021/1, ou oferecer menos vagas, para não comprometer seus calendários acadêmicos. Com isso, houve o retorno dos vestibulares em algumas universidades públicas e institutos federais. Veja alguns exemplos:

– Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) – retornou com o vestibular após 10 anos

– Instituto Federal de São Paulo (IFSP) – realiza vestibular com mais de 2 mil vagas

– Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) – realiza vestibular próprio com notas do Enem

– Instituto Federal de Goiás (IFG) – realiza vestibular com 1.200 vagas pelo Enem

– Instituto Federal do Ceará (IFCE) – realiza vestibular com 1.200 vagas pelo Enem

– Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) – realiza vestibular próprio com notas do Enem

Na reunião do Cograd, o pró-reitor de Graduação da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Amauri Barros, mostrou preocupação com o baixo número de participantes no Enem 2020. A universidade prevê dificuldade para preencher todas as vagas no SiSU e, por isso, vai oferecer somente as vagas com ingresso no primeiro semestre. 

“A gente começa a pensar em processo seletivo próprio, mas esbarramos na dificuldade de recurso com o corte no orçamento.” (Amauri Barros, pró-reitor de Graduação da UFAL)

Por outro lado, a expectativa do MEC é que mais instituições ofertem seus cursos a distância no SiSU. Essa opção existe desde o ano passado, mas poucas instituições aderiram e preferem realizar seus próprios vestibulares. As universidades têm até o dia 12 de fevereiro para aderirem ao SiSU 2021 do primeiro semestre.

SiSU 2021

Poderão participar do SiSU 2021 todos os estudantes que terminaram o ensino médio e fizeram as provas impressas ou digitais do Enem 2020, desde que não zerem a redação. O resultado do Enem 2020 será divulgado no dia 29 de março.

A inscrição será feita no site do SiSU, por meio do número de inscrição e senha do Enem 2020. Após o acesso, é necessário fazer a confirmação dos dados e escolher duas opções de cursos. Nas opções, é preciso definir a ordem de preferências, assim como a modalidade que deseja concorrer (universal, cotas ou ações afirmativas).

SiSU 2021 do 2º semestre

O diretor de políticas e programas de Educação Superior do MEC também adiantou a previsão de cronograma para o SiSU 2021/2. A adesão das instituições seria de 3 a 7 de maio, as inscrições dos candidatos entre 7 a 10 de junho, resultado no dia 14 de junho e matrícula entre 15 e 21 do mesmo mês. “Esta é apenas uma previsão, mas pode ser adiado para final de julho a depender do cronograma do ProUni e Fies do segundo semestre”, afirmou Edimilson Costa Silva.



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X