Por que o Canadá é um país tão acolhedor com estrangeiros?


O Canadá acaba de anunciar que pretende receber mais de 1 milhão de novos residentes permanentes ao longo dos próximos três anos. O plano publicado pelo departamento de Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá (IRCC), além de enfatizar a importância dos imigrantes para o crescimento do país, explica que o intuito é acolher 1.233.000 pessoas do mundo todo até 2023, entre eles trabalhadores qualificados e refugiados.

A comunidade do ensino superior do Canadá enxergou a notícia como um sinal extremamente positivo para os estudantes internacionais, porque quem concluir um curso em uma universidade canadense pode ter ainda mais chances de permanecer no país para trabalhar com um post-study work permit.

Embora o plano do IRCC não aponte isso claramente, os estrangeiros que se graduam no Canadá são mão de obra qualificada em potencial e se enquadram na categoria econômica, que representa 58,68% dos novos residentes que o país quer receber a partir de 2021.

Além disso, há também grandes possibilidades de conseguir a transição do status trabalhador temporário para residente permanente, como aconteceu com mais 74.500 pessoas no ano passado.

Por que o Canadá valoriza tanto a imigração?

A notícia é positiva, no entanto, não é novidade que o Canadá é um país acolhedor e multicultural. Em 2019, ele recebeu mais de 341.000 novos residentes permanentes e concedeu 402.000 vistos de estudantes – e os brasileiros se encontram entre os que mais se aplicam para estudar no Canadá!

Para responder por que o Canadá é tão acolhedor com estrangeiros e valoriza tanto a imigração, reunimos a seguir as razões divulgadas pelo próprio governo canadense!

1. Economia

Ao receber milhões de pessoas qualificadas do mundo inteiro, a imigração ajuda no crescimento econômico do Canadá há mais de um século. Mesmo aqueles que permanecem no país com status temporário, como estudantes e trabalhadores estrangeiros, contribuem à prosperidade de vários setores.

2. Diversidade

Os imigrantes também fazem do Canadá uma sociedade multicultural e tolerante à diversidade. Há uma grande variedade de etnias, religiões, culturas, idiomas e histórias por todo o país e o Canadá enxerga tudo isso de uma forma muito positiva e edificante à sociedade.

3. Natalidade

Os imigrantes também têm o seu papel vital no crescimento demográfico do Canadá. De fato, espera-se que o até o início de 2030 o aumento da população no país dependa exclusivamente da imigração. No momento, ela já é responsável por 80%!

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

4. Mercado de trabalho

Vinte e seis por cento dos trabalhadores no Canadá são imigrantes. Eles, assim como os trabalhadores temporários (incluindo os estudantes que se graduam e permanecem para trabalhar), são uma solução para a escassez de mão de obra qualificada no país.

Isso é particularmente forte em alguns setores específicos, como o da saúde. Em 2016, por exemplo, mais de um terço dos auxiliares de enfermagem e de atendimento ao paciente no Canadá eram imigrantes.

5. Pequenos negócios

Também em 2016, o Canadá identificou 600.000 imigrantes autônomos no país e que eles criaram 260.000 novas vagas profissionais para a população canadense.

Os imigrantes que possuem pequenos e médios negócios são importantes para introduzir novos produtos, processos e inovação no marketing ao mercado de trabalho.

6. Educação

Em 2019, 56% dos imigrantes mais recentes trabalhando no Canadá tinham um diploma de ensino superior. Isso contribui a um país mais escolarizado.

Outro fator é que os filhos dos imigrantes costumam alcançar altos níveis escolares e resultados no mercado de trabalho semelhantes aos nativos.

7. Engajamento político

Os imigrantes participam ativamente da política do país. Nas eleições de 2011, 82% que imigraram para o Canadá como parte da categoria econômica e 68% da categoria de refugiados votaram.

8. Comunicação nacional

Para que o plano imigratório do Canadá dê certo na prática, o IRCC precisa de uma integração bem-sucedida de toda a sociedade. Por isso, o país tem uma abordagem de comunicação e colaboração em todos os níveis do governo o que, como resultado, fortalece a união nacional.

9. Proteção de refugiados

O Canadá foi o país com o maior número de reassentamento de refugiados do mundo em 2019 pelo segundo ano consecutivo.

10. Liderança mundial

Todas essas razões listadas acima fazem com que o Canadá se mantenha na liderança global em imigração e proteção internacional. O governo federal canadense trabalha em estreita colaboração com outros países e organizações multilaterais para desenvolver respostas eficazes aos desafios e oportunidades da migração global e da proteção de refugiados.





Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X