Professores falam o que esperar da 2ª etapa do Vestibular 2021 da Fuvest


Mais de 33 mil candidatos farão a segunda etapa do Vestibular 2021 da Fundação Universitária Para o Vestibular (Fuvest) nos dias 21 e 22 de fevereiro. As provas dissertativas costumam ter alto nível de exigência para selecionar os melhores estudantes para a Universidade de São Paulo (USP). 

Confira os locais de prova

Com experiência em preparação para o Vestibular da Fuvest, Gilberto Alvarez, diretor do Cursinho da Poli, acredita que a fundação não trará provas mais fáceis por causa da pandemia de Covid-19, permanecendo a segunda fase com o mesmo nível exigido nos anos anteriores. 

“A Fuvest claramente mostra o tipo de estudante que ela deseja que ingresse na Universidade de São Paulo. É um estudante que sabe os conceitos, entende os problemas, domina teorias e sabe escrever de tal forma que os textos (não só em redação, mas também nas provas das disciplinas) tenham introdução, desenvolvimento e conclusão”. Gilberto Alvarez, diretor do cursinho da Poli/USP

A prova de Português é comum a todos os cursos e tem um peso grande no resultado final. De acordo com a professora de Português do Cursinho da Poli, Eva Albuquerque, o vestibulando precisa ler bem os enunciados, saber qual o comando da questão (indicar, citar, exemplificar, relacionar, comparar) e ter a capacidade de sintetizar a resposta em um texto conciso e bem estruturado. 

Em relação à redação, a Fuvest cobra dos estudantes um texto dissertativo-argumentativo, no qual o candidato deve abordar o assunto proposto com embasamento em dados, argumentando e demonstrando domínio sobre o tema, fugindo do senso comum, por isso a leitura atenta dos textos de apoio é importante. “Espera-se que o candidato revele competência para expor com precisão e concisão os argumentos selecionados para a defesa do ponto de vista adotado, evitando o uso de clichês ou frases feitas”, ressalta Eva. 

Já a prova de Matemática da Fuvest é bastante técnica, sem muitos textos e mais focada na resolução dos problemas apresentados. Normalmente, cada questão traz perguntas e comandos de A até C, podendo haver a alternativa D. A dificuldade é gradativa, ou seja, a letra A traz um assunto mais geral, voltado para diferentes cursos, já na B o tema vai ficando mais específico e, por fim, a C é pensada no candidato que tem o foco em exatas.  

De acordo com o professor de Matemática do Cursinho da Poli, Eduardo Izidoro, costumam cair na segunda fase assuntos que não foram cobrados na primeira. No Vestibular 2021, trigonometria, logaritmo e questões mais elaboradas de álgebra não apareceram nas provas objetivas e podem ser abordadas na etapa discursiva. 

Dicas

O diretor do cursinho da Poli lembra que uma forma de ter noção e se preparar melhor para a segunda fase é conhecer as provas de anos anteriores da Fuvest. Conferir o padrão das provas discursivas do Vestibular ajuda o candidato a chegar mais preparado e tranquilo em relação ao que encontrará. 

Confira as provas e gabaritos anteriores da Fuvest

Outra dica para os candidatos é tirar as 48 horas que antecedem as provas para tentar relaxar, se divertir com responsabilidade, curtir a família, cuidar de si mesmo. Mudar a rotina próximo ao Vestibular pode deixar o estudante mais ansioso, portanto, não tente intensificar os estudos nesta sexta-feira e no sábado, também não mude bruscamente a alimentação ou o seu horário de sono. 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

Como será a segunda etapa da Fuvest?

A segunda etapa do Vestibular da Fuvest será composto por questões dissertativas e redação. Os portões serão abertos às 12h, já as provas serão aplicadas das 13h às 17h. 

Veja como serão compostas as provas:

  • 1º dia: Prova com 10 questões de Português (compreensão e interpretação de textos, gramática e literatura) e Redação. Comum a todos os cursos.
  • 2º dia: Prova com 12 questões de conhecimentos específicos (duas a quatro disciplinas de acordo com o curso escolhido).

As provas serão aplicadas nos seguintes locais: 

Região Metropolitana de São Paulo: São Paulo, Barueri, Carapicuíba, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Taboão da Serra.

Litoral e Interior de São Paulo: Araçatuba, Barretos, Bauru, Botucatu, Campinas, Fernandópolis, Franca, Itapeva, Jaú, Jundiaí, Limeira, Lorena, Marília, Piracicaba, Pirassununga, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté.

Orientações

Os candidatos terão que levar documento de identificação com foto e caneta de tinta azul (fabricada em material transparente). Lápis, borracha, apontador e régua transparente serão autorizados. 

Os vestibulandos deverão usar máscara que cubra nariz e boca, além da higienização das mãos com álcool em gel. Alimentação na sala não será permitida, somente a ingestão de líquidos. 

A Fuvest disponibilizará álcool para higienização nas salas e banheiros e cada mesa terá sachê com lenço umedecido em álcool 70%. 

As portas e janelas ficarão abertas, já o ar condicionado permanecerá desligado. As salas terão lotação máxima de 40% de sua capacidade. 

Habilidades Específicas

O curso de Artes Cênicas é o único que terá provas de habilidades específicas presenciais. A etapa será realizada entre 23 e 26 de fevereiro. 

Candidatos ao curso de Música terão a prova de habilidades específicas on-line, de 23 a 27 de fevereiro. 

Excepcionalmente, o curso de Artes Visuais não contará com teste de habilidades específicas no Vestibular 2021. 

As exigências, programas de provas e orientações podem ser vistos no Manual do Candidato

Resultado e Vagas

O resultado do Vestibular 2021 da Fuvest está previsto para 19 de março. Outras chamadas serão realizadas em 29/03 e 5 de abril. 

O Vestibular 2021 tem oferta de 8.242 vagas na USP, sendo a metade para estudantes que fizeram todo o ensino médio em escolas públicas. Dentro do percentual de cotistas, a instituição destina oportunidades para pretos, pardos e indígenas. 

Notas de Corte

Os cursos com as notas de corte mais altas foram:

  • Medicina – São Paulo: 83 pontos
  • Medicina – Ribeirão Preto: 81 pontos
  • Medicina – Bauru: 78 pontos
  • Engenharia Aeronáutica – São Carlos: 71 pontos

A pontuação mínima da primeira fase subiu no Vestibular 2021. A relação completa foi divulgada em 26 de janeiro.

Mais informações no Manual do Candidato e pelo site da Fuvest.



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X