Prós e contras de estudar em Londres


Capital do Reino Unido, com 9,7 milhões de habitantes. Moderna, mas com uma história de mais de mil anos. Rede de metrôs mais antiga e mais extensa do mundo. Um dos principais centros financeiros, políticos, culturais e acadêmicos de todo o planeta. Essa é Londres! Fica difícil não se apaixonar pelas maravilhas que ela tem a oferecer, o seu contraste entre histórico e tecnológico, os seus patrimônios mundiais e, claro, as suas universidades internacionalmente renomadas.

Estudantes do mundo inteiro são atraídos à cidade seja para aprender inglês ou fazer uma graduação ou pós-graduação. Segundo o site London Higher, são aproximadamente 107.200 estrangeiros matriculados na capital do Reino Unido, representando 29% de todos os estudantes. É gente pra caramba que escolhe Londres como destino de estudo!

Mas, como tudo na vida, essa decisão também envolve prós e contras. Se você está considerando estudar em Londres, sugerimos ler os argumentos a seguir e, aí sim, decidir-se bem-informado.

PRÓ: As universidades

Se qualidade de ensino é o seu parâmetro, Londres é um excelente destino. Depois de Oxbridge, ela tem algumas das melhores universidades não só do Reino Unido (inclusive cinco delas fazem parte do famoso Russell Group), como do mundo.

Conheça alguns exemplos:

Imperial College London

University College London (UCL)

King’s College London

London School of Economics and Political Science (LSE)

University of Westminster, London

Queen Mary, University of London

Royal Holloway, University of London

City, University of London

Brunel University

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

CONTRA: Custo de vida alto

Infelizmente, não tem como falar de Londres sem citar o seu custo de vida. Ela é a 19ª cidade mais cara do mundo segundo a pesquisa mais recente da Mercer – dentre os destinos de estudo mais populares do mundo, ela fica atrás apenas de Nova York, Los Angeles e San Francisco, nos Estados Unidos.

Os residenciais universitários de Londres são os mais caros do Reino Unido e alugar um imóvel por conta também sai mais caro do que na grande maioria do país. Por isso, se você pretende mesmo estudar em Londres, precisa planejar muito bem o seu orçamento para conseguir manter-se na cidade, considerando os valores de acomodação, transporte e alimentação.

Ah, e a moeda oficial nacional é a libra esterlina, mais cara do que o euro e o dólar americano.

PRÓ: Perspectiva profissional

A reputação acadêmica das instituições de ensino superior e a proximidade a algumas das principais organizações do mundo que têm sede ou filial na cidade fazem de Londres um excelente destino para ganhar experiência profissional no exterior.

As universidades do Reino Unido costumam ter programas em parceria com a indústria a fim de oferecer estágios e experiência profissional durante a graduação e pós-graduação. E, uma vez concluído o curso, você pode permanecer na cidade com um post-study work visa para conseguir um emprego e dar início à sua carreira internacional.

Só para se ter uma ideia, 75% de todas as empresas da Fortune 500 – as quinhentas corporações mais importantes dos EUA por receita total – têm escritório em Londres! As empresas estão sempre à procura de jovens profissionais recém-graduados das universidades locais para integrar os seus times e trazer novas ideias aos negócios.

CONTRA: Não é uma experiência universitária tradicional

As universidades em cidades pequenas, como Oxford, Cambridge e Durham, oferecem uma sensação muito maior de comunidade, em especial porque a maioria dos estudantes conseguem morar no campus em residenciais mantidos pela própria instituição. Você vive, aprende e se socializa dentro da universidade e cria uma forte conexão com a comunidade acadêmica, além de estar a poucos passos de instalações como biblioteca, cafeteria, clubes e sociedades estudantis.

Em Londres, por ser uma metrópole, as universidades não costumam ter campus de dezenas a centenas de hectares e a grande maioria não oferece acomodações no campus. Por isso, nem sempre há a sensação de comunidade que instituições mais tradicionais proporcionam.

Se para você não for tão importante essa imersão profunda na vida acadêmica, Londres pode ser o que você procura. Assim que deixar os arredores da sua universidade, se desligar dos estudos e mergulhar na cidade. 

PRÓ: Viver em Londres

É museu que você quer? Galerias de artes famosas? Shows de artistas do mundo inteiro? Partidas esportivas? Parques? Atrações turísticas? Restaurantes e comidas do mundo inteiro? Vida noturna agitada e baladas? Palestras de figuras importantes de todos os setores? Cursos em centenas de áreas de estudo? Festivais e feiras anuais? Multiculturalismo?

Londres tem tudo isso e muito mais. Com todos os prós e contras, não há como negar que a experiência de viver na capital do Reino Unido é inigualável.





Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X