quais são os assuntos que mais caem em química?


O conteúdo de química no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) está dentro da prova de ciências da natureza, que acontece no segundo domingo do exame, no dia 28 de novembro. As versões digital e impressa têm as mesmas perguntas e são no mesmo dia.

O UOL selecionou, com a ajuda de professores, os temas que mais caem dessa matéria.

De acordo com o professor Philippe Spitaleri, do Curso Anglo, existem de 15 a 17 questões no Enem que pedem conteúdos de química. Sendo assim, ela é uma prova ampla e que pede vários conteúdos.

“Porém, o que mais costuma aparecer é: evolução dos modelos atômicos, ligações químicas, tabela periódica, polaridade e interações intermoleculares, radioatividade, cálculos estequiométricos, separação de misturas, concentração de soluções, eletroquímica e equilíbrio químico“, cita.

Além disso, o professor também afirma que é importante dar atenção para conteúdos como: cadeias carbônicas e petróleo, funções orgânicas, isomeria e reações orgânicas. “Avaliando os últimos cinco anos, é uma tendência esses assuntos estarem no Enem”, explica.

Os textos do enunciado são essenciais, diz, e a questão nunca estará dissociada do que aparece antes.

“A contextualização que aparece é indispensável para achar a alternativa certa. Não dá para o cara tapar o texto com a mão e ir só pelo conteúdo. Então, o que é comum? O aluno terá que relacionar os conteúdos que ele estudou com informações que são apresentadas em texto, em gráficos ou até em desenhos”, afirma.

“A questão do Enem nunca é uma questão crua, só de conteúdo. Ela é sempre uma questão bem analítica. O aluno tem que prestar bastante atenção e é comum os assuntos caírem misturados. Por isso, é comum o aluno ficar em dúvida entre duas alternativas”, afirma.

De acordo com Spitaleri, as opções sempre ficam entre a mais correta, em que é preciso fazer uma análise do texto e juntar com o conteúdo aprendido em sala de aula, e uma que é a resposta apenas precipitada. “Ele erra quando ele não consegue coordenar as duas coisas para resolver a questão”, explica.

O professor Antonio Mario Salles, coordenador do Objetivo, também lembra que podem ser pedidos conteúdos sobre questões relacionadas ao impacto ambiental. “Poluição, chuva ácida, efeito estufa e camada de ozônio”, afirma.

Além disso, ele dá exemplos de conteúdos que podem englobar física e química ao mesmo tempo: “Cinética química, equilíbrio químico com ênfase no deslocamento, pH e hidrólise salina, cálculo do calor de reação com ênfase na comparação de combustíveis, pilha, eletrólise e radioatividade“, diz.

Veja os cinco assuntos que mais caem em química



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X