Química e Engenharia Química – qual a diferença?


É comum que as pessoas confundam Química com Engenharia Química, já que se tratam de profissões que têm as reações químicas e as matérias resultantes delas como instrumento de trabalho. Apesar da similaridade, são formações diferentes e com funções distintas no mercado de trabalho. 

Em resumo, o químico se concentra no motivo pelo qual a reação química ocorre, já o engenheiro químico foca no processo que transformará tal reação no produto final, visando a produção em maior escala e otimizada, gerando menor impacto ambiental e com maior custo-benefício.

Ficou curioso (a) sobre as diferenças entre Química e Engenharia Química? O Brasil Escola te explica! 

Os cursos

A Engenharia Química é um bacharelado e tem duração de cinco anos. Os dois primeiros anos são compostos pelo ciclo básico das engenharias, com disciplinas como Cálculos, Matemática, Física, Química e Reagentes, enquanto as matérias específicas são aplicadas a partir do terceiro ano.

O curso de Química se divide em licenciatura e bacharelado, sendo a duração de quatro anos. Veja a diferença de cada:

A licenciatura engloba disciplinas generalistas da química, dando um conhecimento amplo, e também prepara o estudante para que possa atuar como professor do ensino básico e superior, havendo matérias voltadas para didática, psicologia e pedagogia. 

O bacharelado prepara o químico para o contato com os agentes químicos, suas reações e a aplicabilidade no dia a dia. A figura do bacharel é mais presente em laboratórios de empresas e indústrias, assim como na área de pesquisa. O curso aborda as diferentes áreas da química, além de trazer alguns assuntos relacionados à física, biologia e também matemática. 

Há também o curso de Química Industrial, graduação que se assemelha mais com a Engenharia Química. A principal diferença entre o engenheiro químico e o químico industrial é que somente o engenheiro pode projetar equipamentos e fazer a manutenção deles, de acordo com a regulamentação do Conselho Federal de Química. 

Não pare agora… Tem mais depois da publicidade 😉

As profissões

Enquanto o químico atua principalmente em laboratórios, com foco no estudo de substâncias e suas reações, o engenheiro químico tem uma formação mais ligada aos processos industriais como um todo.

O engenheiro químico tem uma formação ampla, o que possibilita seu trabalho em diferentes áreas. Além dos conhecimentos em química e engenharia, o profissional tem preparo para trabalhar com dados econômicos, aspectos sociais e ambientais, assim como marketing e consultoria. 

O processo de produção exige esforços de diferentes áreas dentro de uma empresa ou indústria, por isso, químico e engenheiro químico trabalham em equipe para que a matéria seja extraída, transformada em produto e chegue ao consumidor.

 

O engenheiro químico verifica a necessidade do contratante (empresa ou indústria) e cria um projeto em cima disso, trabalha para desenvolver as tecnologias que serão utilizadas na produção, além de gerenciar os processos químicos e também de engenharia.  

O químico vai analisar a matéria e quais a reações são necessárias para chegar ao produto. O engenheiro químico pega esse conhecimento e leva para o processo de produção. É comum que, depois de fabricado, o produto retorne ao laboratório para que o químico verifique se as especificações estão corretas e dê o aval para as etapas pós-produção. 

Atribuições de cada profissional

O Conselho Federal de Química (CFQ) tem uma lista de atribuições para os profissionais de Engenharia Química, Química Industrial e Química (licenciatura e bacharelado). Trata-se de uma regulamentação para servir de parâmetro sobre o que cada um pode desempenhar e o que deve ser levado em consideração no momento das instituições de ensino montar suas grades curriculares. 




















Atribuições Engenharia Química Química Industrial Química (lic. e bach.)
Direção, supervisão e responsabilidade técnica x x x
Assessoria, consultoria e comercialização x x x
Perícia, serviços técnicos e laudos x x x
Magistério x x x
Desempenho de cargos e funções técnicas x x x
Pesquisa e desenvolvimento x x x
Análise química e físico-química, padronização e CQ x x x
Produção, tratamentos de resíduos x x  
Operação e manutenção de equipamentos x x  
Controle de operações e processos x x  
Pesquisa e desenvolvimento de processos industriais x x  
Execução de projetos de processamento x x  
Estudo de viabilidade técnico-econômica x x  
Projeto e especificações de equipamentos x    
Fiscalização de montagem e instalação de equipamentos x    
Condução de equipe de montagem e manutenção x    

 





Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X