Saiba tudo sobre a 2ª fase da Fuvest 2021


A segunda fase da Fuvest, vestibular que dá acesso à USP (Universidade de São Paulo), acontece nos dias 21 (domingo) e segunda (22).

Depois de uma primeira fase considerada tradicional pelos professores e apenas com questões objetivas, a segunda etapa da Fuvest tem dois dias de provas dissertativas, parte comum a todos os candidatos, parte específica de acordo com o curso escolhido. Também há uma redação.

O primeiro dia é composto por uma prova com dez questões dissertativas de língua portuguesa, que aborda compreensão e interpretação de textos, gramática e literatura, e a redação, que exige texto dissertativo-argumentativo.

Já no segundo dia, a prova traz 12 questões, todas de igual valor, cujas disciplinas envolvidas variam de acordo com o curso escolhido, podendo ser de duas a quatro diferentes, mas sempre divididas igualmente (se forem duas disciplinas, serão seis questões de cada, e assim por diante).

As duas provas valem um total de cem pontos e têm a mesma duração, de quatro horas.

Protocolos sanitários

A Fuvest adotou medidas de segurança sanitária para prevenção contra a covid-19, como limitação da circulação de pessoas para diminuir a ocupação dos locais de prova, distanciamento de 1,5 metro entre candidatos, uso obrigatório de máscaras em todos os ambientes de aplicação da prova e álcool em gel em todos os ambientes.

Atenção: confira o local de prova da segunda fase. Ele pode não ser o mesmo local da primeira.

Para a segunda fase, foram convocados 33.315 candidatos que prestaram a primeira etapa, no dia 10 de janeiro.

São 11.147 vagas totais oferecidas em cursos de graduação, em vários campi da universidade, sendo 8.242 preenchidas pelo vestibular. As 2.905 restantes são pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada), com as notas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

A primeira chamada será divulgada no dia 19 de março, pelo site da Fuvest.

Datas e Horários

  • Domingo (21), prova dissertativa de língua portuguesa e redação
  • Segunda (22), prova dissertativa de duas a quatro disciplinas
  • Os portões dos locais de prova abrem às 12h e fecham às 13h (ambos no horário de Brasília).
  • Os candidatos poderão sair da sala de aula a partir das 16h.

O que é preciso levar

  • Documento de identificação;
  • Caneta esferográfica de tinta azul (lápis, lapiseira, borracha, apontador e régua transparente podem ser usados para rascunho);
  • Uso de máscara será obrigatório durante o exame e no local de prova, por isso leve máscaras reservas, caso seja preciso trocar. A Fuvest fornecerá um envelope para guardar as máscaras após a troca;
  • Álcool em gel (mas também será fornecido no local).

O que se pode comer e beber

O candidato deve levar sua própria garrafa de água e sucos, além de alimentos leves, como barras de cereais, frutas, sanduíches naturais e castanhas, por exemplo.

O que é proibido levar

  • Relógio;
  • Equipamentos eletrônicos, como calculadoras, celulares, tablets, smartwatches e semelhantes;
  • Corretivo;
  • Material impresso ou folhas para anotação;
  • Canetas hidrográficas ou de outros tipos diferentes da esferográfica, marca-texto, lápis com tabuada;
  • Gorro, boné e chapéu;
  • Óculos de sol;
  • Protetor auricular.

O que fazer na sala de prova

  • Identifique-se mostrando o documento para o fiscal;
  • Encontre sua carteira e sente-se para evitar confusão dentro da sala;
  • Use o álcool em gel disponibilizado pela Fuvest para higienizar sua mesa;
  • Durante a prova, haverá reconhecimento facial feito pelo fiscal, com um tablet.

A Fuvest indica que o candidato deve retirar a máscara (sem tocar na parte da frente dela) quando o fiscal chegar à carteira do candidato e, concluído o reconhecimento, recolocar a máscara.



Fonte

Com professores super atenciosos, o cursinho me abriu uma porta para o futuro e agora estou na melhor universidade do Brasil Rebeca Nilsen, aprovada na USP

Galileo Vestibulares | Área do Aluno

X